Skip to main content

Luta social – Fetaema e Agência Tambor fazem parceria

Uma aproximação política com consequências estratégicas. É assim que está sendo encarada a parceria consolidada, em novembro de 2021, entre a Federação dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares do Maranhão (Fetaema) e a Agência Tambor.

Os diferentes desafios da conjuntura política nacional e maranhense foram fatores determinantes, para sacramentar uma relação que já vem de um tempo.

Angela Silva, atual presidenta da Federação, enfatiza que trata-se de “uma parceria estratégica e de suma importância, entre outras coisas por permitir um espaço para que a agricultura familiar tenha voz, além dos ambientes controlados pela mídia tradicional”.

A educadora Rejane Galeno, da coordenação da Agência Tambor, diz que
“acreditamos que nossa aproximação possa fortalecer todo um campo político com o qual nos articulamos, além do trabalho que já é feito pelas duas organizações”.

Emilio Azevedo, Rejane Galeno e Angela Silva

Somar forças

A articulação foi feita para reforçar ações em favor da democracia, justiça social, defesa da vida e dos direitos humanos.

Num momento de tensão no campo, acentuada pela extrema-direita que hoje ocupa o governo federal do Brasil, Angela Silva diz que é “importante somar na luta pelos direitos dos trabalhadores rurais, agricultores e agricultoras familiares do Maranhão”.

O sindicalista Chico Miguel (Diretor da Fetaema) e o jornalista Emilio Azevedo (Agência Tambor) também comentaram o fato político.

“Temos um compromisso antigo e permanente com a questão fundiária, pelo acesso e uso democrático da terra”, diz Emilio, acrescentando que “a parceria é consequência dessa caminhada, desse processo”. E Chico Miguel reforça que é hora de somar forças. “O grande capital se junta para defender seus interesses. Nós também temos que nos juntar para lutar por nossas pautas”.

A parceria entre Fetaema e Agência Tambor terá repercussão nos seguinte pontos:

  • Fortalecer a ação dos diferentes sindicatos da classe trabalhadora, enfatizando a importância da sindicalização.
  • Dar visibilidade aos conflitos de origem fundiária e socioambientais do Maranhão, somando forças para a busca de soluções.
  • Apoiar, contribuir para o fortalecimento e ampliar a visibilidade das ações da Marcha das Margaridas.
  • Ação em favor das florestas e reservas hídricas do Maranhão.
  • Ações voltadas para a memória das lutas populares
  • Fortalecer o debate sobre a sucessão rural, para a permanência da juventude no campo, condição importante para a força da agricultura familiar.
  • Ter entre temas prioritários a aposentadoria rural, além de auxílios e benefícios aos idosos.
  • Fortalecer redes de comunicação popular
  • E associar essa ação conjunta ao Projeto Alternativo de Desenvolvimento Rural Sustentável e Solidário (PADRSS), iniciativa do Movimento Sindical dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais (MSTTR), com o objetivo estratégico e central de – a partir da reforma agrária e agricultura familiar – promover soberania alimentar e condições de vida e trabalho com justiça e dignidade, atendendo às demandas do campo e da cidade.
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x

Acesso Rápido

Nossas Redes

Mais buscados