Skip to main content

Sonegar dados da pandemia contribuiu com proliferação da doença

Da Agência Tambor
Por Danielle Louise
10/06/2020

Em meio a pandemia do novo coronavírus, o governo Federal está tratando da doença no Brasil, sem um ministro da saúde, e, recentemente, tentando ocultar dados relevantes sobre o crescimento do vírus no país. 

Número de óbitos acumulados de pessoas infectadas pela doença, não estavam sendo disponibilizados no site do ministério. Invés disso foi divulgado apenas o número diários de mortos por Covid-19 e de novos infectados.

Para falar sobre o tema, a Agência Tambor conversou, nesta terça-feira (9), com o programador e professor, fundador do portal de dados abertos acessíveis Brasil.io, Álvaro Justen, que contou sobre o desenvolvimento desse projeto. 

Justen explicou que o site foi criado em 2018 com intuito de trazer dados públicos para um formato mais acessível à população. “Esconder para uma parte da população dados relevantes é impedir que elas posso tomar uma atitude em seu dia a dia”, destacou. 

Para o programador, o método, do governo Federal, de não divulgação de informações, gera a consequência do aumento de negacionistas e de pessoas que minimizem a pandemia.

Além disso, ele comentou que também abre margens para alguns governadores (estaduais ou municipais), que não estejam empenhados em combater a Covid-19, em não tomarem as medidas para contenção do avanço do vírus. 

“Infelizmente a posição do governo tem sido de esconder parte dos dados. Na minha visão com o intuito de gerar desinformação e confusão”, denunciou o professor. 

Álvaro Justen também destacou a importância de se ter a maior quantidade de materiais sem nenhum tipo de ocultação. 

“Restringir o acesso aos dados públicos é elitizar e democracia”, disse ele.

Para ouvir a entrevista completa confira nosso TamborCast.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x

Acesso Rápido

Nossas Redes

Mais buscados