Skip to main content

São Luis – Motoristas e cobradores agradecem apoio da população e destacam união da categoria

Com o fim da greve de ônibus de São Luís, ocorrida hoje, o Sindicato dos Rodoviários do Maranhão, que abriga motoristas e cobradores de ônibus, veio a público falar do movimento grevista, que durou 12 dias

Marcelo Brito, o presidente do Sindicato, disse que “a paralisação demonstrou, acima de tudo, a união dos trabalhadores Rodoviários. A adesão de 100% ao movimento mostrou que todos nós estávamos insatisfeitos, com as condições de trabalho impostas pelos empresários”.

O sindicalista disse ainda que gostaria de “agradecer a toda a população de São Luís, pelo apoio e compreensão com o movimento dos Rodoviários, que estavam exigindo somente, a garantia dos seus direitos”.

Sobre a paralisação, Marcelo Brito deixou claro que “caso as negociações não avançassem, estaríamos dispostos a seguir com o movimento. Que bom, que houve bom senso por parte dos empresários, em apresentar uma proposta melhor, para atender as reivindicações dos Rodoviários, possibilitando assim, o fim da greve”.

Motoristas e cobradores reivindicaram o reajuste nos salários, no ticket alimentação e a garantia de outros benefícios. Há algum tempo, os empresários estavam sem repassar o reajuste dos trabalhadores, que exigiam 13% de aumento.

Após várias rodadas de negociações no decorrer desse ano, nenhum avanço aconteceu. Diante da falta de proposta dos patrões, os Rodoviarios decidiram em Assembléia Geral, no dia 13 de outubro de 2021, pela greve geral no sistema, sendo deflagrada a partir do dia 21 de outubro.

Durante a paralisação, foram realizadas audiências no Ministério Público do Trabalho (MPT-MA) e no Tribunal Regional do Trabalho (TRT-MA), que terminaram sem acordo.

Na segunda-feira (25/10), após cinco dias de movimento grevista, aconteceu o primeiro encontro entre as partes, junto com o Prefeito Eduardo Braide. Depois de um dia inteiro de conversas, os empresários ofereceram apenas 2% de reajuste salarial, proposta considerada vergonhosa, pela categoria, que decidiu manter a paralisação.

Hoje, segunda-feira (1º), após uma semana do último encontro, o prefeito de São Luís reuniu novamente Rodoviários e empresários.

Desta vez, a conversa evoluiu. A seguinte proposta foi apresentada aos trabalhadores: Reajuste salarial de 5%; 6% de reajuste no ticket alimentação, alcançando o valor de R$ 620,00 (seiscentos e vinte reais); Garantia de que não haverá descontos dos dias de paralisação, nos salários dos trabalhadores e a regularização por parte das empresas, dos salários em atraso, até a próxima quarta-feira (3).

A proposta foi levada para a categoria, que concordou com os itens e decidiu pelo fim do movimento. O Prefeito Eduardo Braide se comprometeu em acompanhar e fiscalizar o cumprimento deste acordo, firmado entre Rodoviários e empresários.

*Com informações da
Ascom Sind. Rodoviários – MA.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x

Acesso Rápido

Nossas Redes

Mais buscados