Skip to main content

C&A será processada por racismo

Foto: Divulgação

A dirigente nacional do PT Cricielle Muniz está denunciando a C&A por racismo. Ela declarou no Jornal Tambor, nesta segunda-feira (2), “que não se pode naturalizar como as multinacionais orientam seus funcionários a tratarem pessoas pretas”.

Nesta terça-feira (3), às 16h, centrais sindicais, movimentos sociais e partidários farão ato em frente à loja, localizada na Rua Grande.

(Veja abaixo a entrevista com Cricielle Muniz para o Jornal Tambor)

Segundo a denúncia de Cricielle Muniz, após fazer compras no estabelecimento, localizado na Rua Grande, em São Luís, ela foi revistada por trabalhadores da empresa. Ela afirmou que fez denúncia formal contra a C&A. “Espero muito que a Justiça leve adiante a denúncia e possa punir a empresa, disse.

Para a militante petista, o aumento da violência é resultado de um governo federal que promove o ódio. E “a sociedade reproduz aquilo que tem referência”.

Assassinato do trabalhador rural Edvaldo Pereira

Na sexta-feira (29), aconteceu outra violência no Maranhão. O quilombola e trabalhador rural Edvaldo Pereira Rocha foi assassinado a tiros no município de São João do Soter. Possivelmente a mando de empresários do agronegócio.

Cricielle Muniz afirmou que a morte do trabalhador representa “a luta pela terra e pela moradia”. Segundo ela, violências como essas são legitimadas pelo presidente Jair Bolsonaro.

Em sua fala ressaltou que é necessário discutir a reforma agrária. O debate precisa ser ampliado no Congresso Nacional e em outras diferentes casas legislativas para a defesa da população do campo.

E, segundo Cricielle, a unidade popular é fundamental como atuação política. Por isso também é importante que haja participação popular nas estruturas de poder.

Entramos em contato com a loja C&A da Rua Grande (em São Luís) pelo fone (98) 21 06 00 00, número que obtivemos pela internet. Ligamos para ouvir a empresa em relação a grave denúncia de Cricielle e aos processos que deverão ser movidos contra a empresa. Chamou e não atendeu.

(Veja a entrevista com Cricielle Muniz para o Jornal Tambor, em nosso canal de Youtube)

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x

Acesso Rápido

Nossas Redes

Mais buscados