Skip to main content

Assembleia Legislativa do Maranhão se comporta de modo indecente!

Da Agência Tambor
14/10/2021

O Jornal Tambor de hoje tratou do desrespeito e dos sucessivos escândalos protagonizados pela Assembleia Legislativa do Maranhão.

(VEJA, ABAIXO, EM NOSSO CANAL NO YOUTUBE, A ÍNTEGRA DESSA EDIÇÃO DO JORNAL TAMBOR)

A Assembleia maranhense alugou um helicóptero por mais de três milhões de reais. O contrato entrou em vigor no mês passado, no dia 22 de setembro, tendo a duração de um ano.

Por coincidência, é o período da campanha e pré-campanha eleitoral. A coincidência existe. Haverá uma investigação? O Ministério Público Estadual se interessará pelo caso?

Sob a presidência do deputado estadual Othelino Neto (ainda no PCdoB), a Assembleia Legislativa do Maranhão se desmoraliza, a cada dia, junto a opinião pública.

O helicóptero, de aluguel milionário, voando sobre a cabeça do povo maranhense, é a ponta de um grande iceberg.

O maior escândalo dessa Assembleia é a não realização de um concurso público, determinado pela Justiça há mais de três anos.

Aproximadamente 5% dos servidores da Assembleia maranhense são concursados. Só isso! E há suspeitas de que existam centenas de funcionários fantasmas. É possível que o parlamento maranhense já tenha mais de três mil pessoas contratadas.

Em relação ao concurso, com sucessivas manobras que desrespeitam a sociedade e suas instituições, a Assembleia simplesmente não cumpre a decisão judicial.

Hoje (14), havia mais uma reunião marcada para decidir detalhes da realização do concurso público. A reunião foi acertada na presença de um representante do Poder Judiciário. E, mais uma vez, a Assembleia não compareceu, dando justificativas desrespeitosas.

O presidente do Sindicato dos Servidores Públicos da Assembleia Legislativa do Maranhão (Sindisalem), Natanael Serejo, esteve presente no local e horário da reunião, que teria a participação do Ministério Público, do escritório de advocacia responsável pela ação cobrando concurso, do sindicato e da Assembleia.

Natanael participou do Jornal Tambor e disse que o cancelamento foi “uma vergonha, um constrangimento, uma falta de respeito”, por parte da Assembleia Legislativa do Maranhão.

Veja abaixo, a integra do Jornal Tambor, com a participação da(o)s jornalistas Lívia Lima, Danielle Louise e Emilio Azevedo, além do presidente do Sindicato. 👇🏿👇🏾👇

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x

Acesso Rápido

Nossas Redes

Mais buscados