Skip to main content

Reforma do Ensino Médio enfraquece educação no Brasil

Da Agência Tambor
15/09/21

Em todo Brasil – e no Maranhão em particular – é fundamental que haja uma mobilização da sociedade para acompanhar e interferir na implantação do Novo Ensino Médio.

Quarta-feira (15/09/21), o Jornal Tambor conversou com a professora Lícia da Hora (IFMA) e com o professor James Dean Bastos (Rede Estadual), exatamente sobre essa reforma, vista como um ataque ao ensino público, gratuito e de qualidade.

(VEJA ABAIXO, PELO YOUTUBE, O JORNAL TAMBOR COM A ENTREVISTA COM LÍCIA E JAMES. E LOGO ABAIXO, VOCÊ TAMBÉM PODE OUVIR A ENTREVISTA DOS DOIS PELA PLATAFORMA SPOTIFY).

A Reforma do Ensino médio prejudica primeiramente os estudantes e professores. Mas, no geral, o prejuízo é para toda sociedade, comprometendo um projeto de país, tirando o direito a uma educação básica, sonegando conhecimento.

“Pela nova Lei, apenas duas disciplinas são obrigatórias no currículo escolar, nos três anos de Ensino Médio, Português e Matemática”, explica a professora Lícia da Hora, lembrando que antes eram treze disciplinas.

A implementação do Novo Ensino Médio reduz a carga horária das disciplinas gerais. E instituiu as especializações ou ensino técnico profissionalizante. Com isso, adolescentes de 14, 15 anos devem escolher áreas para se especializar, antecipando a pressão que antes chegava só no vestibular. Eles têm que decidir sem ter formação, sem ter conhecimento, exatamente os direitos que estão lhes sendo negados.

Outros dois problemas são o “notório saber” (onde professores não precisam ter formação específica para lecionar) e o ensino à distância.

A nova lei favorece a interferência na educação de uma articulação entre grandes empresas, bancos privados e fundações. Essas empresas prestam vários tipos de serviço ao poder público, desde o fornecimento de material didático até o ensino a distância, passando por consultorias.

James Bastos e Licia da Hora ressaltam que, num curto prazo, para minimizar o problema criado a partir dos governos Temer e Bolsonaro, é preciso uma articulação da sociedade, envolvendo estudantes, professores, fóruns, movimento sindical.

📺 Veja abaixo, em nosso canal no YouTube, o Jornal Tambor, incluindo entrevista com a professora Lícia da Hora e o professor James Bastos 👇🏾👇🏿👇

🎧 Ouça abaixo, a entrevista da professora Lícia da Hora e do professor James Bastos, ao Jornal Tambor, pela plataforma Spotify 👇👇🏿👇🏾

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x

Acesso Rápido

Nossas Redes

Mais buscados