Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

whatsapp-image-2019-08-13-at-09-18-54
No comando: Inscrição para o debate “Comunicação, democracia e desigualdade social”.

Das 17h às

Flávia Regina
No comando: Jornal da Tambor

Das 11:00 às 12:00

Transparência e políticas públicas incomodam no Maranhão

Compartilhe:
img-20211008-wa0009

Da Agência Tambor
08/10/21

O caso merece destaque. Ele acontece em Itapecuru-Mirim, uma das vinte maiores cidades do Maranhão, localizada a 108 km da capital, São Luís.

O assunto passa por uma ponte queimada – deixando várias comunidades quase isoladas – indo até a permanente divulgação de mentiras (fake news), inclusive em relação a traumática pandemia de Covid 19.

Mas antes de falar dos criminosos e seus métodos, vamos falar rapidamente da atual administração pública de Itapecuru, porque ela incomoda e quem ela incomoda.

Hoje, dia 8 de outubro, a gestão do atual prefeito da cidade Benedito Coroba (PSB) cumpriu mais um ato de sua rotina administrativa.

Nesta sexta-feira (08/10), Coroba prestou contas dos gastos da prefeitura. O evento foi às 9h, em uma plenária com a presença da sociedade civil organizada, no auditório da prefeitura, com transmissão ao vivo pelo YouTube. Foi a sexta plenária de prestação de contas do ano.

Uma novidade histórica

Desde maio, sempre entre os dias oito e dez de cada mês, a gestão de Coroba vem a público dizer o que recebeu de dinheiro e como está gastando esse dinheiro.

Promotor de Justiça aposentado, ex-advogado de sindicatos de trabalhadores rurais e com formação política iniciada nas Comunidades Eclesiais de Base da Igreja Católica, o atual prefeito Benedito Coroba está incomodando.

Os incomodados tiveram poder político e econômico na região de Itapecuru e, durante décadas, saquearam a prefeitura do município.

A transparência na administração pública é uma afronta a esse tipo de gente! E todos nós sabemos que essa mesma transparência não é regra na história do Brasil, do Maranhão, nem de Itapecuru.

Crimes contra o povo de Itapecuru

img-20211008-wa0054

E quem queimou a ponte próxima a comunidade de Sumauma, na zona rural de Itapecuru? Quem deixou em grandes dificuldades os povoados de Guanaré, Boca do Campo, Água Preta, Serra, Prata, além de Sumauma? Essa ponte vivia há cerca de quinze anos em estado muito precário.

Em setembro, as comunidades haviam recebido o prefeito Benedito Coroba e, após uma reunião aberta, ficou acertado que até dezembro a prefeitura entregaria a ponte reformada e em perfeito estado. O povo estava satisfeito.

E agora, pouco antes do início das obras, na última terça-feira (05/10), a ponte amanheceu queimada, em ação feita na calada da noite, contra o interesse das comunidades que, evidentemente, não queriam esse tipo de ação.

O advogado Dihones Muniz, Procurador Geral do Município de Itapecuru, informa que “no mesmo dia a prefeitura procurou a Polícia”, solicitando investigação, com posterior participação do Ministério Público, “para que os criminosos possam ser indiciados”.

O prefeito também foi ao local, no mesmo dia do atentado e gravou uma mensagem indignado. Percebe-se claramente que a ponte foi queimada, numa tentativa estúpida de tentar atingir a gestão do atual prefeito.

Só o começo

Benedito Coroba chegou a prefeitura vencendo, na eleição de 2020, um candidato que juntou, em torno dele, todos os antigos prefeitos da cidade, além do “endinheirado” deputado federal Josimar de Maranhãozinho (PL).

Eleito, Coroba tem feito a diferença. Enquanto muitos prefeitos do Maranhão moram em São Luís, o atual prefeito de Itapecuru mora no município e toda semana está em contato direto com as mais diferentes comunidades, ouvindo a sociedade.

Hoje, os servidores públicos de Itapecuru estão recebendo o salário adiantado e até o décimo terceiro deste ano já foi todo pago, numa forma de também tentar contribuir para aliviar os danos sociais e econômicos, provocados pela pandemia.

E com as primeiras ações da prefeitura nas áreas de educação, saúde, infraestrutura, agricultura familiar, direitos humanos e meio ambiente, muita gente no município já diz que Coroba fez mais em nove meses, do que muitos prefeitos em quatro anos.

Desmoralizados

Os insatisfeitos com a derrota eleitoral de 2020 chegaram ao ponto de espalhar que a secretaria de saúde do município havia “informado, oficialmente”, que a variante Delta (da Covid 19) havia chegado a Itapecuru.

Essa mentira, essa irresponsabilidade, foi jogada ao vento, no meio de mais uma tentativa mal sucedida de colocar a opinião pública contra Coroba, pelo fato da prefeitura (seguindo uma orientação do Ministério Público) não ter concedido alvará para a realização de um evento.

Apresentando documentos, a prefeitura emitiu nota para tranquilizar a população, mostrando a verdade e, mais uma vez, desmoralizando os que tentam boicotar a atual gestão de Itapecuru.

A briga é boa! Estamos falando de ataques ao interesse público. Nesse ambiente, povo de Itapecuru merece toda nossa solidariedade, em sua luta por dias melhores.

(Veja, abaixo, no Youtube, a prestação de contas que incomoda os adversários de Benedito Coroba)
https://youtu.be/nnoG3roXQo0.

Deixe seu comentário: