Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

whatsapp-image-2019-08-13-at-09-18-54
No comando: Inscrição para o debate “Comunicação, democracia e desigualdade social”.

Das 17h às

Flávia Regina
No comando: Jornal da Tambor

Das 11:00 às 12:00

Sirliane Paiva sai em defesa dos profissionais de enfermagem

Compartilhe:
images-13

Da Agência Tambor
Por Danielle Louise
12/05/2020

A professora e doutora do Departamento de Enfermagem da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), Sirliane Paiva, em entrevista ao Radiojornal Tambor, nesta terça-feira (12), falou sobre a celebração do dia da enfermagem e a atuação desses profissionais frente ao combate a Covid-19.

Sirliane Paiva tem atuado dentro e fora da rede de saúde, prestando atendimento domiciliar a pacientes com diagnóstico positivo ao vírus, com acompanhamento de pacientes em tratamento e prevenção ao novo coronavírus.

Ela destacou à Agência Tambor que os governos municipal, federal e estadual, historicamente, não exercem o cuidado ao profissional da enfermagem. A pandemia expõe esse problema que acontece há muitos anos.  

Questionada sobre a falta de equipamentos de proteção individual (EPIs), a enfermeira ressaltou que o governo maranhense pode garantir outros meios de prevenção aos profissionais da enfermagem, além dos EPIs, que são essenciais. 

“A falta do EPI é gravíssima, mas tem algo que o governo também pode fazer, alterar a jornada de trabalho dessas pessoas que estão no fronte, expostas a altas cargas virais”, sugeriu ela. 

Segundo Sirliane Paiva, a falta de EPIs vulnerabiliza os enfermeiros, mas a alta jornada de trabalho também. E por conta disso o Maranhão tem muitos profissionais que contraíram a Covid-19. 

Para ouvir a entrevista completa confira nosso TamborCast.

Deixe seu comentário: