Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

whatsapp-image-2019-08-13-at-09-18-54
No comando: Inscrição para o debate “Comunicação, democracia e desigualdade social”.

Das 17h às

Flávia Regina
No comando: Jornal da Tambor

Das 11:00 às 12:00

Psicóloga fala da saúde mental durante pandemia

Compartilhe:
images-2

Da Agência Tambor
Por Danielle Louise
18/06/2020

A pandemia da Covid-19, que impõe o isolamento social, pode desenvolver problemas psicológicos, por conta do confinamento e da falta de contato  com as pessoas. 

A psicóloga e coordenadora do Coletivo da Associação Brasileira de Saúde Mental – Abrasme Maranhão, Janete Valois, em entrevista ao Radiojornal Tambor, nesta quinta-feira (18), conversou sobre como cuidar da saúde mental em meio a pandemia. 

Janete Valois explicou que o medo da contaminação pelo novo coronavírus é natural, pois esse sentimento também é uma forma de proteção. Mas, segundo ela, não se pode deixá-lo moldar e impedir as pessoas de viverem, já que o medo faz parte da vida. 

Valois também esclareceu que é preciso pensar na saúde mental como um bem-estar completo do sujeito. Portanto, também é importante estar atento ao psicológico. 

“Não podemos ignorar os efeitos (da Covid-19) na saúde mental da população”, enfatizou ela.

De acordo com a psicóloga, a pandemia demonstrou o quanto é necessário se preocupar com o psíquico das pessoas. Assim como a saúde física, os governos precisam investir na saúde mental saudável da população. 

“É necessário que, a partir de agora, haja muito mais psicólogos e psiquiatras no serviço (público) de saúde, porque nem todo mundo consegue pagar atendimento”, ponderou. 

De acordo com Janete Valois, uma forma de cuidar do bem-estar é a atenção com o físico, o psicológico e a espiritualidade, independente da fé da pessoa. 

“É preciso ser generoso consigo mesmo. Quanto mais se nega as emoções, mais se adoece. Por isso precisamos ouvir nossas emoções”, recomendou a psicóloga. 

Ouça a entrevista completa em nosso TamborCast.

Deixe seu comentário: