Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

whatsapp-image-2019-08-13-at-09-18-54
No comando: Inscrição para o debate “Comunicação, democracia e desigualdade social”.

Das 17h às

Flávia Regina
No comando: Jornal da Tambor

Das 11:00 às 12:00

Professor lança livro sobre trabalho escravo no Maranhão

Compartilhe:
trabalho-escravo-wesley-almeida-cn

Da Agência Tambor
Por Danielle Louise
17/11/2020

Foto: Wesley Almeida 

O geógrafo, professor da Licenciatura em Estudos Africanos e Afro-brasileiros e do Mestrado em Geografia na UFMA, Sávio José Dias Rodrigues, conversou com a Agência Tambor, nesta terça-feira, 17, sobre o lançamento do seu livro “Quem não tem é escravo de quem tem: migração camponesa e trabalho escravo contemporâneo”.

A obra será lançada na quinta-feira, 19, às 16h, durante a semana internacional interdisciplinar em estudos africanos e afro-brasileiros.

No Radiojornal Tambor, ele contou um pouco da pesquisa que foi realizada sobre o tema e quais dados levantados ao decorrer dela. 

O livro é resultado de sua tese de doutorado e o estudo foi feito desde 2011. De acordo com ele, os dados são alarmantes sobre o trabalho escravo no Maranhão. 

O professor destacou que a Comissão Pastoral da Terra (CPT) fez o levantamento que 25% dos trabalhadores resgatados em situação análoga a escravidão em todo Brasil, são maranhenses. “É como se o Maranhão, nesse capitalismo brasileiro, fosse um bolsão de trabalhadores a serem explorados em situações degradantes”, evidenciou. 

Para ele, o panorama vindo de grandes projetos associados ao desenvolvimento, ao progresso, são um novo tipo colonialismo no Maranhão, em que o trabalhador é visto como sujeito descartável. É a contradição desse desenvolvimento.

Sávio José também apontou que o discurso do presidente Jair Bolsonaro, de que o fazendeiro não pode perder suas terras, por cometer crime, mantendo alguém em situação análoga a escravidão, contribui para esta realidade.

Para ouvir a entrevista completa confira nosso TamborCast. 

Deixe seu comentário: