Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

whatsapp-image-2019-08-13-at-09-18-54
No comando: Inscrição para o debate “Comunicação, democracia e desigualdade social”.

Das 17h às

Flávia Regina
No comando: Jornal da Tambor

Das 11:00 às 12:00

Presidente da Liga das Escolas de Samba defende a valorização dos artistas locais

Compartilhe:
1518252489-919412654-810x471

Da Agência Tambor
Por Danielle Louise
12/02/2020

O presidente da Liga das Escolas de Samba do Estado do Maranhão (Liesma), Itamilson Lima, participou do Radiojornal Tambor, na sexta-feira (7) e destacou a importância da organização coletiva das escolas de samba de São Luís.

“As escolas de samba precisam se organizar, pois dessa forma conseguem buscar projetos e parcerias para se transformarem num grande equipamento social à disposição de sua comunidade, criando vínculos de pertencimento da comunidade com a escola”, afirmou Lima. 

O carnavalesco avaliou que São Luís está experimentando uma nova forma de festejar o carnaval maranhense e ressaltou que também é necessário dar mais visibilidade para os artistas locais. 

“A partir do momento que fazemos um evento grandioso aqui e se minimiza o espaço para o artista local é um perigo. Pode até não fazer diferença para o governo atual, mas para a história da cidade, para construção da política cultural do Maranhão faz uma diferença grande”, salientou. 

Para que haja uma mudança nesta realidade o presidente da Liesma enfatizou que é preciso pressionar e promover o diálogo com o poder público. “Há uma necessidade do poder público escutar melhor e refletir de que modo conseguiria fazer uma festa grandiosa, inserindo a cultura popular do Maranhão. Dessa forma, desejamos ao turista que se desloca para cá que beba da nossa água e leve um pouco do que nós temos”, sugeriu. 

Itamilson Lima também explicou que essas medidas podem contribuir para uma democratização da cultura e para que as escolas de samba também tenham visibilidade nesta festa carnavalesca.

Ouça a entrevista completa em nosso TamborCast:


Deixe seu comentário: