Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

whatsapp-image-2019-08-13-at-09-18-54
No comando: Inscrição para o debate “Comunicação, democracia e desigualdade social”.

Das 17h às

Flávia Regina
No comando: Jornal da Tambor

Das 11:00 às 12:00

Ministra Damares virá a São Luís receber homenagem da ALEMA

Compartilhe:
Ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves. Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil

Fonte: Giovana Kury/Vias de Fato

A ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos do governo de Jair Bolsonaro, Damares Alves, virá a São Luís no dia 24 de setembro para receber a medalha Manuel Beckman, honraria máxima da Assembleia Legislativa do Maranhão (ALEMA). A homenagem foi proposta pela deputada evangélica Mical Damasceno (PTB).

Além de receber a medalha, a ministra ainda participará, junto à deputada, do lançamento da ‘Frente Parlamentar em Defesa da Vida e da Família’. As informações foram confirmadas pela assessoria da parlamentar.

A homenagem foi aprovada na última quinta-feira (5) na ALEMA. A sessão era composta por 42 deputados estaduais: 37 aliados do governador Flávio Dino e 5 de oposição. Consta, no projeto de resolução: “Art. 1º – Fica concedida a Medalha de Mérito Legislativo ‘Manuel Beckman’ a Sra. Damares Regina Alves, Ministra de Estado da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos. Art. 2º – Esta Resolução Legislativa entra em vigor na data de sua publicação”. Não há justificativa para a entrega.

Dentre os outros projetos da deputada em questão, estão tornar “patrimônio cultural do MA o ‘Hino da harpa cristã’, da Assembleia de Deus”, “incluir no calendário oficial do estado o centenário da Assembleia de Deus”, entre outros.

Mical Damasceno é filha do Pastor Aldir Damasceno, presidente da Convenção Estadual das Igrejas Evangélicas Assembleias de Deus no Maranhão (CEADEMA) – órgão que controla as Assembleias de Deus no estado. Nas últimas eleições, apoiaram abertamente Flávio Dino para o governo e Jair Bolsonaro para a presidência.

Deixe seu comentário: