Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Flávia Regina
No comando: Jornal da Tambor

Das 11:00 às 12:00

MAIS UM DIA DE LUTAS, MARCADO POR CORREDEIRAS DE SANGUE

Compartilhe:

É com profundo pesar, que o Sindicato dos Urbanitários do Maranhão se manifesta, em decorrência do brutal assassinato de militantes do Movimento dos Atingidos por Barragens – MAB, ocorrido no estado do Pará, nesta sexta (22/03).

Já foram confirmadas três mortes, Dilma Ferreira Silva – Coordenadora Reginal Regional do MAB, seu esposo Claudionor Costa da Silva e o Sr Hilton Lopes.

Em um dia marcado por lutas contra a Reforma da Previdência, seguem em curso as mais diversas formas de violência contra as organizações sociais e populares.

Neste 22, além da mobilização contra a Reforma da Previdência, o MAB, Sindicatos, Movimentos Populares do Campo e da Cidade, também colocaram na pauta de lutas o Dia Mundial da Água, em defesa de uma Política de Proteção aos Atingidos pelas Barragens e contra a privatização das águas.
Resta claro que devemos continuar nossas lutas, em respeito à tant@s que tombaram lutando o bom combate, na defesa dos interesses coletivos, por uma sociedade mais justa e igualitária.

Exigimos do estado Brasileiro a rápida apuração da ação criminosa, um ataque que atinge a tod@s nós e nos solidarizamos com o MAB e as famílias enlutadas.

Águas para a vida, não para a Morte

Sindicato dos Urbanitários do Estado do Maranhão

22/03/2019

Deixe seu comentário: