Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

whatsapp-image-2019-08-13-at-09-18-54
No comando: Inscrição para o debate “Comunicação, democracia e desigualdade social”.

Das 17h às

Flávia Regina
No comando: Jornal da Tambor

Das 11:00 às 12:00

Dielson Rodrigues enfatiza prioridades da luta sindical

Compartilhe:
img-20210525-wa0040

Da Agência Tambor
26/05/21

No último sábado (22), a Chapa 1 – Trabalho, Resistência e Coragem, venceu as eleições para o sindicato dos Bancários do Maranhão (SEEB) por 1673 votos contra 853 votos da Chapa 2.

Nesta quarta-feira (26), o Jornal Tambor entrevistou o recém-eleito presidente do Sindicato dos Bancários do Maranhão, Dielson Rodrigues.

(Veja, ao final dessa reportagem, o vídeo completo do Jornal Tambor no YouTube e o podcast só com a entrevista).

Apesar da expressiva vitória eleitoral da Chapa 1, detentora de 66,23% dos votos válidos, as eleições para o SEEB foram marcadas por divulgação de fake news e outros ataques.

Dielson Rodrigues lamentou que ‘’pessoas que se dizem de esquerda usem instrumentos de extrema-direita’’, se referindo a atuação da chapa adversária.

Diante da conjuntura desfavorável, o novo presidente do SEEB reiterou que o primeiro papel do sindicato será o da mobilização política, lembrou a luta contra a reforma da previdência e a reforma trabalhista e defendeu: ‘’lugar de trabalhador, quando é injustiçado, quando está perdendo direitos, é na rua’’.

Dielson Rodrigues também destacou a importância da campanha para incluir os bancários entre as categorias prioritárias na vacinação contra a Covid. Segundo o futuro presidente do SEEB, 14 bancários já foram vitimados pela doença.

Ele anunciou que entrou em contato com a Secretaria Estadual de Saúde do Maranhão, na tentativa de incluir os bancários entre os grupos prioritários. Foi respondido que essa definição é feita pelo Ministério da Saúde, por meio do Plano Nacional de Imunização.

O governo estadual, no entanto, garantiu atender os bancários caso a compra da vacina Sputnik V fosse concluída. O Maranhão adquiriu cerca 4,5 milhões de doses da vacina russa, mas os imunizantes não chegaram porque a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) ainda não autorizou o uso no Brasil.

A campanha do SEEB para imunização dos bancários também inclui a articulação com a Federação Nacional dos Bancos (FENABRAN) e a aprovação de leis municipais que incluam esses trabalhadores nos grupos prioritários.

Além da vacinação, Dielson classificou como prioridades do sindicato ‘’a luta por concursos públicos, a estabilidade dos empregos dos servidores dos bancos privados, a luta pelos direitos que foram perdidos a partir do governo de Michel Temer e a luta contra o governo genocida e lesa-pátria de Bolsonaro’’.

Veja abaixo a edição completa do Jornal Tambor, em nosso canal do YouTube, incluindo a entrevista com Dielson Rodrigues.

https://youtu.be/7hZ-fb6IDp4

Ouça abaixo a entrevista de Dielson Rodrigues pela
plataforma Spotify:

Deixe seu comentário: