Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

whatsapp-image-2019-08-13-at-09-18-54
No comando: Inscrição para o debate “Comunicação, democracia e desigualdade social”.

Das 17h às

Flávia Regina
No comando: Jornal da Tambor

Das 11:00 às 12:00

Comida de terreiro na Cozinha Ancestral

Compartilhe:
images-8

Da Agência Tambor
Por Danielle Louise
16/01/20

A comida de terreiro é um projeto do chef de cozinha Carlos Ribeiro, autêntico filho de Xangô, que trata da gastronomia sagrada do Candomblé. Para falar um pouco sobre sua pesquisa, que foi transformada em obras literárias, o autor participou do radiojornal Tambor nesta quinta-feira (16), junto ao idealizador do Cozinha Ancestral, André Lobão.

Em São Luís, Carlos Ribeiro estará nos dias 17 e 18 de janeiro, das 19 às 22h, com o Menu Degustação “Banquete Sagrado: Comida de Santo que Se Come”, no restaurante Cozinha Ancestral. E nesta quinta-feira, 16, o espaço será disponibilizado para convidados degustarem os pratos sagrados feitos pelo cozinheiro.

O Chef de cozinha contou à jornalista Flávia Regina que ele pesquisa sobre as comidas há seis anos, peneirando aquelas que se pode comer, daquelas que são propriamente para os orixás. “A comida é feita não só para conectar o sagrado, mas conectar as pessoas”, declarou o pesquisador.

O Cozinha Ancestral, segundo André Lobão, é um espaço para as pessoas se sentirem em casa. “Um espaço em que as pessoas podem dialogar com exposição de arte, afoxé. Um espaço de sabedoria”, disse ele. Ele destacou que a culinária do restaurante é aquela que traz a memória afetiva, indígena e de terreiro. E é exatamente isto que se busca com o menu do chef de cozinha de comida de terreiro.

Carlos Ribeiro aproveitou para falar sobre importância do seu projeto que incentiva outras pessoas a pesquisarem sobre comidas de terreiro. “Somos apenas pedaços dessa composição, da cozinha afro e indígena”, ressaltou. “A grande oração é a comida”.

Sua próxima obra gastronômica será lançada no dia 2 de fevereiro, dia de Iemanjá, e as outras disponibilizadas ainda este ano, no segundo semestre.

Ouça a entrevista com Carlos Ribeiro e André Lobão em nosso TamborCast:

Deixe seu comentário: